Assaltantes invadem casa em Surubim

Refém foi obrigado a dirigir carro usado na fuga de trio que morreu após assalto no Agreste, diz PM.
Foto: Polícia Militar/Divulgação

Os assaltantes que invadiram uma casa em Surubim, no Agreste de Pernambuco, mantiveram cinco pessoas sob a mira de armas e feriram um empresário e a mulher dele obrigaram um dos reféns a dirigir o carro usado na fuga. Segundo a Polícia Militar (PM),

a caminhonete do dono da residência foi guiada por uma pessoa que estava sentada no colo de um dos bandidos. Os três ladrões foram baleados em confronto com policiais e morreram.

Os detalhes do caso foram repassados, nesta segunda-feira (26), durante uma entrevista coletiva concedida pela Polícia Militar no Recife. Na ocasião, a PM explicou como ocorreu a perseguição aos bandidos e contou como foi o processo de negociação e o tiroteio em uma estrada na região.

De acordo com a PM, há duas para explicar a atitude dos bandidos de usar um refém para guiar na fuga. A primeira delas é que eles não sabiam dirigir um veículo automático, como a caminhonete Santa Fé. A segunda é que os ladrões queriam ficar protegidos pelas vítimas em caso de conflito com os policiais.

“Eles deixaram a residência protegidos por dois reféns. Nesse momento, não cabia uma ação da polícia. Posteriormente, os ladrões saíram do veículo e os reféns ficaram. Foi quando ocorreu o confronto”, afirmou o comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), tenente-coronel Câmara Júnior.

Dono da casa assaltada em Surubim e a mulher dele estão internados no Hospital da Restauração, no Recife.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.